FAMÍLIA STREHLE



FAMÍLIA STREHLE
 O documento em anexo foi obtido por Martinho Gollner e enviado  por Rogério Gollner: Trata-se de um contrato assinado, em Hamburgo, em 1858, por Dr.F. Schimidt, representante da "Companhia Brasileira para construção de estradas e colonização da União e Indústria", representando o Comendador Mariano Procópio Ferreira Lage e o Senhor  Sebastian Strehle.


É um contrato   que estabelece as condições da vinda para Juiz de Fora  da família composta pelo  Sr. Sebastian Strehle (44 anos), lavrador, Maria (50 anos), Josef (16 anos) e Anna Augusta Frank  Strehle (12 anos), envolvendo a viagem e o trabalho da família na Companhia. 
A maior parte dos imigrantes que chegaram em 1858 eram destinados à colonização Colônia D. Pedro II), mas esse contrato destina essa família ao trabalho na empresa, por isso foram moram na região do "Vilagem" atualmente Rua Bernardo Mascarenhas, bairro Fábrica e não em São Pedro ou Borboleta.
Rogério informa que Sebastian e Maria eram seus bisavós e Anna Augusta sua avó, mãe de Cecília, sua mãe, casada com João Gollner (originariamente, Goldner).
A Família de Sebastian Strehle era da cidade de Baden- Baden na Região Administrativa de karlsruhe, no estado (Land) de Baden-Württemberg.
Baden- Baden - hoje





Nenhum comentário:

Postar um comentário